Todo mundo tem um sonho em Hollywood. Qual é o seu?

     Meu trabalho é bastante influenciado pelas referências e repertório acumulados ao longo da vida, acredito que o de todo mundo seja assim (ou não, vai saber..). Parte deste repertório vem das viagens que faço, seja a trabalho ou férias, ou quando uma coisa emenda na outra, seja um lugar novo ou repetido, sempre há algo para se aprender quando fazemos contato com novas culturas, sejam elas em nosso próprio país ou em algum outro. A criatividade precisa ser construída e “alimentada” e é essencial para qualquer função hoje, para mim em Marketing, é vital, eu diria. E sair por aí mundo afora pode ser um recurso para isso. Esse texto é sobre Los Angeles, a cidade tem um quê de “quero morar aqui”, e sempre que possível, passo por ela.

     Alguns dados sobre L.A.: 2ª cidade mais populosa dos Estados Unidos com aproximadamente 4 milhões de habitantes, e é a cidade mais populosa do estado da Califórnia e do Oeste do país. É classificada como a 16ª maior área metropolitana do mundo, o eixo Los Angeles-Long Beach-Santa Ana abriga 12 828 837 de habitantes. L.A. é também a sede do condado de Los Angeles, o mais populoso e um dos  mais multiculturais dos Estados Unidos. Os habitantes da cidade são referidos como “Angelinos”.

Apelidada de “Cidade dos Anjos” é, hoje, um centro mundial de negócios, comércio internacional, entretenimento, cultura, mídia, moda, ciência, tecnologia e educação. Incluindo Hollywood, o mais famoso dos distritos da cidade, é conhecida como a “Capital Mundial do Entretenimento” e a líder mundial na criação de filmes, produções de televisão, videogames e música. A importância do setor de entretenimento para a cidade levou muitas celebridades a residir em Los Angeles e em seus subúrbios. Todos os dados e mais informações, você encontra aqui.

Além das “estrelas” temos por lá muitas outras pessoas, que são de diversos lugares dos EUA, ou de outros países, com diferentes histórias, e que mudaram para L.A. movidos por seus sonhos, dedico este espaço hoje para estes anônimos sonhadores que tive a oportunidade de conhecer. E acredite, eles me ensinaram algo sobre marketing.

      As ruas da cidade estão sempre cheias, turistas, artistas, moradores locais, e até pessoas em situação de rua, sim, algo recorrente e triste de se ver, onde quer que seja. Todos estão em busca de algo, algumas vezes é certo, definido, outras nem tanto, mas na maioria dos casos, algo relacionado à indústria cinematográfica. Claro que há pessoas vivendo uma “vida normal”, funcionários de empresas dos mais variados ramos, donos de negócios (que podem ser atrelados ao turismo ou não), comerciantes, médicos, dentistas, advogados, engenheiros e por aí vai. Mas, muitos estão lá por Hollywood, e não necessariamente com intenção de atuar, e sim de fazer parte de alguma das atividades, dos mais variados tipos, que compõem a indústria do cinema.

USA (924)
Imagem de Arquivo Pessoal

     Comecei a notar isso circulando pela cidade e conversando com as pessoas, principalmente as que trabalham no varejo nas lojas das grandes redes. Parecia coisa da minha cabeça, até que alguém comentou comigo:

A maioria tem um side job até conseguir se alocar nos estúdios, sabe o fulano?!, ele é maquiador profissional, excelente no que faz, mas por enquanto está trabalhando na Sephora.

Passei a aproveitar o bate-papo que usualmente o vendedor ou a vendedora puxavam comigo, tentando vender algum produto a mais, para constatar minha teoria. Foi assim que descobri que boa parte de quem trabalhava nas makeup stores como a Sephora, MAC, e outras, tinha formação atrelada à estética e maquiagem. Formação essa que não começou com intenção de trabalhar para essas lojas, e nem a partir de um emprego anterior nelas, mas sim, como a carreira escolhida antes disso com intenção de trabalhar em Hollywood ou para emissoras de TV. E para não perder a prática, ou correr o risco de uma defasagem e poder pagar as contas, foram nas lojas onde encontrei bastante gente assim. Não é uma unanimidade obviamente, mas era tão recorrente a ponto de chamar minha atenção. Fiquei me perguntando: “- por que não em salões, clínicas de estética, etc.?” Boa parte me informou que para trabalhar nessa modalidade, seria como empreender, precisariam abrir o próprio espaço ou pagar um fee para aqueles que já o tinham e poder atender nos locais. Já muitos outros preferiam mesmo a movimentação e o ritmo agitado das lojas ao longo e nos arredores da Hollywood BLVD.

A reflexão não se limita aos maquiadores, eram pessoas de diversas áreas, atores e atrizes, modelos, fotógrafos, e até aspirante a vidente profissional.

É como se uma aura pairasse no ar, a embriaguez de um provável sucesso que nutre os sonhos de muitos. Quem sabe não poderiam até chegar ao Oscar?

USA (115)
Imagem de Arquivo Pessoal

      E o que eu aprendi sobre marketing nisso tudo? É uma cidade que respira propaganda e marketing nas suas diferentes formas e ativações, e provavelmente é isso que conquista muitos, seja via Hollywood, ou de forma informativa via órgãos públicos, é como se tudo sobre L.A. fosse uma grande campanha de propaganda. Com certeza há casos de pessoas bem sucedidas, vou tentar contar um que eu conheci em um próximo texto (com a devida autorização da pessoa). Partindo da definição de marketing, como a ciência e arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro, além de identificar necessidades e desejos não realizados,  e neste caso em específico, apesar de relatos de fracasso, sempre haverá a possibilidade de criar desejo e venda, seja de produtos ou ideias. Muitos ainda vão à cidade em busca do sonho da fama e esse é o valor percebido para muitos.

Sem título
Bom dia, Tristeza. Otto Preminger, 1958
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.